quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Academia Artforum de Artes e Letras



Estamos em processo de organização dos Projetos:

*"Fórum de Mulheres do Futuro pela Paz do Planeta"
*"Academia Artforum de Artes e Letras do Mundo"
*"Cidade Virtual de Poetas do Mundo"

*"Cidade Virtual dos Artistas do Mundo"
*"Academia Cultural Cora Coralina" - Março/2007
*"Exposições de Arte, Cultura e Ecologia"


Tais projetos fazem parte do Plano Nossa Década - dos Grupos Artforum Mundi Planet & Artforum Brasil XXI - Programa Universidade Aberta do Futuro "Telhados do Mundo". Visite o site do Novo Mundo Melhor, onfe já existe a Academia "Cora Coralina", desde março de 2007.

Visite:
http://www.artforumunifuturobrasil.org/


Mundo, novembro de 2007

Ana Felix Deva Garjan - Bureau D'Art
Grupo Artforum Renaissance
Grupos Artforum Mundi Planet e Artforum Brasil XXI
...

3 comentários:

somary disse...

OBSERVANDO a terra a 240 mil metros de altitude, o comandante do terceiro vôo do ônibus espacial Columbia, Jack Lousma, declarou: “É claro que víamos um mundo assim como Deus o fez, sem aqueles limites que vemos nos globos e mapas, em casa e nas escolas.” Daí, comparando a terra a uma espaçonave, acrescentou: “Como tripulação, temos de nos entender melhor, caso contrário não será um vôo bem-sucedido para nenhum de nós.”
Hoje, é claro para a maioria dos observadores que o alcance dos problemas que atravessamos vai muito além do que qualquer nação, ou mesmo grupo de nações, pode enfrentar.
Por exemplo, Aurélio Peccei, fundador do Clube de Roma, assevera que a moderna ordem política de estados individuais, rivais soberanos, não só é “instável, irracional, obsoleta”, mas também deixa de “corresponder a modernas realidades”. Embora não defendendo um governo mundial absoluto, ele acha que um novo tipo de sociedade mundial é necessário para salvar a humanidade de sua atual situação difícil. “Se você estivesse a bordo de um transatlântico indo a pique”, acrescenta, “teria que haver solidariedade entre a tripulação e os passageiros, caso contrário irromperia um motim e todos pereceriam”.

A lógica e a perspicácia de tais observações são mui evidentes. Mas também suscitam a pergunta: Como se concretizará tal ordem mundial, ou governo? Na verdade, quem está qualificado para ser o governante para salvar a humanidade de destruir a si mesma? Caso a Pensar não é mesmo??

Ana Felix Garjan disse...

POR QUE ESTAMOS AQUI?

*O tempo tem sido testemunha das Ações e projetos dos nossos Grupos Artforum Mundi Palnet & Artforum Brasil XXI.

Um diálogo com Somary e com todos!

Na realidade, todos os humanos que habitam o nosso Planeta Terra têm o dever de realizar a "sua parte", para que hajam novos caminhos para a construção de planos, projetos e ações éticas que venham contribuir com um novo movimento de mudanças nos hábitos/atitudes dos Grupos da Sociedade Contemporânea, para que hajam perspectivas maiores de uma possível(R)Evolução da Humanidade.

Há que se escrever nova Odisséia do Mundo, uma nova literatura, uma nova sutil poesia, encontros mais humanizados entre os humanos; Há que se cantar uma nova canção, há que se dançar uma nova música, há que falarmos uma nova poesia que nos mexa por dentro da alma, para que não nos deixemos levar somente pelos velhos papéis dos sistemas coordenados por governos não tão éticos no mundo.

Nós acreditamos que as Artes, as Culturas, a Literatura, as novas expressões de liberdade no mundo, e as redes sociais, culturais e cológicas, em nome da paz mundial poderão organizar a nova corrente filosófica e conceituar a estética do novo pensamento humano, para que haja a orgnização urgente de um Novo Paradigma, que reprsente a síntese maior entre o Ontem e o Hoje da Humanidade, na perspectiva sempre do Novo Futuro - Amanhã.

Através dos movimentos pela Paz, e em defesa do planeta através das comunidades globalizadas que estão trabalhando em prol da Justiça e dos Direitos Humanos, da Terra e dos Direitos do Planeta poderemos visualizar um Novo Mundo Melhor.

Claro que não poderemos ver todas todas as mudanças e os resultados que serão configurados no painel do das décadas ainda distantes do nosso Século XXI. Mas todos nós faremos parte das propostas atuais que mofificarão a humanidade hoje -futuro. Nossas ações de ontem e de hoje estão registradas no futuro.


O mundo vive e está na expectativa
do Projeto Global do Novo Mundo Melhor, que vem sendo construído e sendo desenvolvido nos grupos, nas organizações da sociedade civil, já que fazem parte do panorama eco-sócio-cultural do mundo planetário.

No mundo político, científico, bem como no mundo socil e tecnológico, estão sendo inseridos desenhos da humanidade em processo de mudança e transição nos portais do início do século XXI, e ao mesmo tempo, ha todo um conjunto de setores da sociedade que porduzem os roteiros que nos levarão ao grande portal onde já estão os novos comandos da Gestão do Futuro, nesse início do sec. XXI que todos vimos nascer.

Nos encontramos em 2008 - O Ano Internacional do Planeta, nessa época histórica de transição da Segunda Década do Século XXI, que foi iniciada em 2001, e que segue rumo ao ano 2010 que já está bem próximo da Nova Entrada do Portal do Futuro rumo à Segunda Década.

A Primeira Década do Séc. XXI tem sido marcada desde o seu início, de uma forma, contraditória, até muito contraditória para a nossa humanidade, a natureza e o planeta.

Estamos participando dos novos e movimentos de organização da nova época do pensamento contemporâneo rumo ao Novo Paradigma do Mundo.

MAS PORQUE ESTAMOS TODOS JUNTOS? O QUE NOS UNE É O FUTURO. SÓMENTE ELE EXISTE A CADA MOMENTO DECADA VIDA HUMANA!

Planeta, 26 de outubro de 2008
Ana Felix Garjan - Representante
Grupos Artforum Mundi Planet - Artforum Brasil XXI - 10 anos
- Programa Universidade Aberta do Futuro Telhados do Mundo.

Visite...
www.artforumunifuturobrasil.org
.
www.cidadeartesdomundo.com.br

Grupos Artforum Brasil XXI disse...

Esse espaço registra pensamentos e sentimentos diante do universo! Bom voltar aqui nesse meu blog antigo de 2008! O tempo passa, o tempo conta, o tempo nos encanta!
Brasil, 30 de janeiro de 2014
Ana Felix Garjan
http://revistaartforumcultural.blogspot.com